fbpx

Blog Openk

Provedora de soluções de vendas e gestão

  1. Home
  2. • blog

04/06/2021
Comentários

Mulher com camisa rosa comemorando com braços erguidos sentada em frente a um notebook.

Vender em marketplaces já se tornou o padrão para quase todas as lojas online. Isso é bem justificável se pensarmos em como pode ser difícil se destacar, sozinho, em meio ao mar de e-commerces que tem por aí. A melhor opção mesmo é contar com a visibilidade de uma plataforma mais consolidada. Entre elas, o Via Marketplace é de longe uma das mais fortes atualmente.

Se você deseja vender nas Casas Bahia, Ponto ou Extra.com.br, então vai vender com o Via Marketplace – responsável por esses três nomes. Juntos, eles somam mais de 326 milhões de visitas mensais e, no ano passado, venderam mais de R$ 38,8 bilhões (segundo relatório de análise financeiro da Planner).

Resta alguma dúvida de que o Via Marketplace é uma ótima escolha? Cremos que não. Por isso, no texto de hoje vamos te mostrar como utilizar a plataforma e de quebra mostrar o que fazer para se destacar em meio aos milhares de vendedores que já estão lá.

Vamos nessa!

Documentação necessária e taxas

Antes de colocar os seus produtos no Via Marketplace é importante que você já vá reconhecendo o terreno, adiantando tudo o que será necessário para começar a vender na plataforma, além de ter uma expectativa de quanto isso será cobrado da sua loja.

Documentos necessários

Um homem com expressão pensativa segurando papéis amarelados. A sua frente há um notebook e ao lado um cacto.

Também é importante ter em mente que nem todo marketplace é igual. Nós costumamos separar em dois grupos: os mais liberais, onde até pessoas físicas podem começar a vender, como Amazon e Mercado Livre e outros, como é o caso do Via Marketplace, que possuem uma política de funcionamento mais restrita.

Para se cadastrar no site (que leva apenas 3 minutos), é necessário ter em mãos:

  • CNPJ (importante não ter restrições);
  • Dados bancários de conta jurídica (número de agência e conta).

MEI pode vender no Via Marketplace? Pode! Eles não têm nenhuma objeção quanto a isso. O que vai contar mesmo é se compensa ou não para você, já que a emissão de NF-e é obrigatória para todas as vendas.

Comissões

Mãos utilizando uma calculadora com braços apoiados em uma mesa de madeira. Ao lado, papéis e uma xícara de café.

Agora vamos falar sobre quanto vai te custar vender no Ponto, Casas Bahia ou Extra.com.br. Sendo bem diretos, as taxas de comissão variam entre 13,5% e 16% por venda, dependendo da categoria que você vende.

Este é um valor alto? Essa é uma resposta relativa, porque, de modo geral, as comissões dos marketplaces ficam em torno dos 13%, mas são cobrados valores adicionais. Na Amazon, por exemplo, a taxa fica entre 11% e 15%, mas é cobrado ainda R$19,90/mês de manutenção de conta para planos profissionais ou R$ 2,00 por pedido para planos individuais. No fim das contas fica tudo bem parecido.

Há ainda duas observações bem pertinentes:

  • A comissão é cobrada pelo valor do produto + frete: considerando uma taxa de 16%, isso quer dizer que:

Se você vende um produto X por R$ 300 e o frete é de R$ 15, o valor total do pedido será de R$315,00. Logo, a comissão paga ao Via Marketplace será de R$ 50,40 e o valor repassado a você será de R$ 264,60.

Caso o seller utilize o Envvias, a malha logística do Via, a comissão é cobrada somente sob o valor do produto. Eles não cobram comissão sob o valor de frete.

  • Os repasses são feitos três vezes ao mês de forma integral: mesmo que o seu cliente pague de forma parcelada, você vai receber o valor integral da sua parte já no próximo dia de repasse.

#DicaOpenK: Quer saber se as condições do Via compensam mais ou menos que as de outras plataformas? Leia o nosso guia completo dos marketplaces. Lá fizemos um comparativo entre as principais do mercado.

Como começar a vender no Via Marketplace?

Para você se cadastrar e começar a vender por lá é extremamente simples (desde que já tenha separado todos os documentos necessários).

 

Reprodução: Via Varejo

Reprodução: Via Varejo

Basta clicar neste link, inserir suas informações, esperar um pedido de confirmação chegar na sua caixa de entrada e pronto, você já terá acesso à área do lojista no Via Marketplace.
Depois, um passo a passo vai aparecer na sua tela, que compreende as seguintes etapas:

1. Contrato: você precisa ler atentamente todos os detalhes deste contrato. Marque a caixa “concordar” e vá para a próxima etapa (uma cópia será enviada para o seu e-mail);

1.1. Como o Via Marketplace se trata de uma empresa séria, há ainda três perguntas para responder, declarando se você ou seus sócios possuem alguma relação com gestores ou algum cargo que possa influenciar na negociação;

2. Dados da sua loja: aqui você vai inserir os dados bancários da conta jurídica em que o valor das vendas será transferido;

3. Integração: esta é a parte em que você seleciona a sua integradora de marketplaces (nós aqui da OpenK podemos te ajudar nisso! Mais abaixo te explicamos como) – se ainda não trabalha com alguma delas, pode marcar a opção “não utilizo integração”;

4. Frete: automaticamente, você já entra no Via Marketplace utilizando o sistema logístico deles – o Envvias. Mas se quiser vender pelos Correios ou qualquer outra modalidade, é só alterar no portal do lojista.

Simples não é? Pegue essas orientações como uma cartilha para acompanhar o seu cadastro e, para ilustrar melhor essa explicação, veja o vídeo que eles produziram explicando, na prática, como vai funcionar:

Quer um ótimo motivo para fazer esse cadastro hoje mesmo?

E se a gente disser que você pode vender os seus produtos no Via Marketplace sem pagar nada de comissão? Isso mesmo! Se o cadastro for feito até o final deste ano, sua loja fica isenta de taxas de comissão durante os três primeiros meses! Já imaginou como essa economia vai dar uma engrenada no seu negócio?

Mas atenção que algumas regras são importantes:

  1. Validade apenas para cadastros feitos e aprovados entre 01/04/2021 a 31/12/2021;
  2. A isenção será aplicada apenas nas vendas realizadas e aprovadas nos três primeiros meses que você estiver vendendo no Via Marketplace;
  3. Com limite mensal de vendas em R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais);
  4. Se alguma outra vez o cadastrou no Via Marketplace foi feito, não é possível aproveitar a oferta;

E só! Sem mais nenhuma letra miudinha com regras impossíveis de serem aplicadas. Atendendo a esses requisitos, você vai poder vender sem pagar nada de comissão nos três dos maiores marketplaces do Brasil! Corra e cadastre já a sua loja!

Veja agora como cadastrar produtos no marketplace Via Varejo

Cadastro feito. E agora? Acabou? Nada disso! Como um conteúdo raso não faz o nosso estilo, vamos um pouco além. É hora de te mostrar como inserir os seus produtos na plataforma para começar a vender.

Este trabalho pode ser feito de três formas. A primeira é por importação individual, em que você envia um produto por vez. Por ser bem mais trabalhoso, é pouco usual, então já vamos para a segunda: planilha (inclusão massiva). O funcionamento também é simples e podem ser enviados 1000 produtos por vez, veja só:

1. Acesse na área do Lojista: clique aqui;

2. Selecionar a forma de inclusão: feito o login, será aberto o dashboard do lojista; No menu “catálogo” escolha a opção “inclusão massiva”;

Tela de entrada da área do lojista do Via Marketplace. Na esquerda, há espaços para inserir nome da loja, usuário e senha.

3. Gerando a planilha: agora você deve marcar as categorias de produtos que deseja inserir (até 25 por planilha) e depois clicar em “gerar planilha de inclusão”;

4. Preencha a planilha: é aqui que você vai determinar como seus produtos vão aparecer no marketplace Via Varejo. Ou seja, inserindo fotos, títulos e descrição de produtos. Quando chegar nesta parte, sugerimos que você acesse essa página de suporte ao lojista para ver todas as regras de caracteres e variantes (cor, voltagem e etc.) aplicadas;

5. Faça o upload do arquivo: com a planilha completa e salva no formato “.xlsx”, você deve voltar à seção “inclusão massiva”, clicar em “localizar arquivo”, selecionar do seu computador e depois clicar em “enviar”;
Pronto! Agora é só esperar o período de análise das informações (que pode durar até sete dias) e os seus produtos já estarão disponíveis nos marketplaces Via Varejo.

Agora você deve estar se perguntando: “mas qual é a terceira opção para cadastrar meus produtos?”. A resposta também é simples: contando com uma plataforma de e-commerces que já tenha integração com o Via Marketplace e sobre isso nós temos uma super dica mais a frente.

Boas práticas para aumentar os seus resultados no Via Marketplace

Mulher com camisa rosa comemorando com braços erguidos sentada em frente a um notebook.

Saber vender no Via Marketplace é ótimo, mas pode não ser o bastante para você alcançar os seus objetivos. Começamos este texto falando do número grandioso de visitas que eles têm, mas também não podemos esquecer que a plataforma conta com alguns milhares de vendedores e outros milhões de produtos à disposição dos clientes.

Para se destacar entre os demais e o seu produto aparecer ao máximo de pessoas, siga essas dicas:

 

  • Anúncios pagos no Via Marketplace: a plataforma possui uma ferramenta exclusiva para a criação de anúncios e isso é ótimo porque o seu produto pode ser o primeiro da lista quando o seu cliente procurar por algo que você vende, por exemplo. Há ainda a criação de banners e anúncios em redes sociais. Conheça melhor a Via Ads pelo press kit deles

 

  • Preste bastante atenção na descrição dos produtos: você criou um anúncio e levou o cliente para a sua loja, mas se ele não entender o que você vende, dificilmente vai comprar. A descrição correta tem o papel de vendedor para as lojas online: é quem vai explicar todos os detalhes e convencer o seu cliente a comprar. Lembre-se disso quando for descrever seus produtos; 

 

  • Tenha boas fotos: no e-commerce como um todo, mas principalmente nos marketplaces é fundamental ter boas fotos dos produtos. Elas têm a função de mostrar de forma clara como é o produto, mas podem também ser uma ótima arma para encantar potenciais clientes. 

#DicaOpenK: Quando se revende produtos de outras marcas, é natural que eles enviem um catálogo de fotos para você utilizar. Só que pensa com a gente: todo o restante das lojas também vão usar esse material. Para se diferenciar dos demais, o que acha de saber como ter as melhores fotos para e-commerce? Veja dicas!

A OpenK pode te ajudar!

Agora chegou a hora de descobrir a terceira maneira de cadastrar os seus produtos no Via Marketplace: com o Kanais Openk, a nossa ferramenta de integração com marketplaces.

O grande diferencial é que ela já possui o API de integração do Via Marketplace, então é só ativá-lo e sincronizar com o sistema de controle de estoque que você já tem no seu computador. Simples, não?

Mas como a gente bem sabe, o Via não é o único que está no seu radar, inclusive você já pode estar vendendo em algum outro marketplace agora mesmo, certo?

Com o Kanais é possível integrar as suas vendas no próprio Via Marketplace, em outros marketplaces, no seu e-commerce próprio, lojas físicas e onde mais quiser, acompanhando tudo de um mesmo lugar.

Veja como é simples acompanhar todas as vendas pelo dashboard da ferramenta:

Dashboard Kanais Openk com várias caixas de diferentes marketplaces: B2W, Magazine Luiza e Via Marketplace.

Controlar as suas vendas no Via Marketplace e em todos os outros marketplaces fica bem mais fácil e dinâmico com a nossa plataforma. Mas também é preciso um trabalho de organização para tudo ficar alinhado, sem surpresa alguma. É aí que entra o trabalho de gestão.

Para aproveitar ainda mais tudo o que o Kanais OpenK tem a te oferecer, veja o texto sobre o que é preciso saber para gerenciar o e-commerce nos marketplaces.

Te esperamos lá!

 

 


Comentários

Deixa seu Comentário