fbpx

Blog Openk

Provedora de soluções de vendas e gestão

  1. Home
  2. • blog

09/09/2021
Comentários

Foto de mulher com traje amarelo em fundo amarelo. Ela está saltando e com feição de grito segurando um megafone.

Foi dada a largada para a Semana do Brasil! A essa altura você já deve estar com tudo pronto para receber os pedidos, certo?

Pois bem, mas as vendas online são um organismo vivo e extremamente metamorfo, principalmente quando falamos de uma campanha tão longa quanto a Semana do Brasil – que neste ano vai do dia 02 a 12 de setembro. Por isso, por mais que a sua campanha já esteja no ar, é fundamental acompanhar a evolução e fazer adaptações quando necessário.

É sobre esses possíveis gargalos e oportunidades escondidas que vamos falar com você no texto de hoje.

Dicas OpenK para vender mais na Semana do Brasil

Homem caracterizado de torcedor brasileiro segurando uma placa cinza. Nela há o logotipo da “Semana do Brasil”.

Nós trabalhamos com soluções para e-commerce há 17 anos. Neste tempo foram várias edições da Black Friday junto aos nossos clientes – que tem uma premissa bem similar à da Semana do Brasil. Por isso mesmo que temos propriedade para dizer que o planejamento é essencial no sucesso das campanhas de datas comemorativas, mas sempre há surpresas no caminho.

#DicaOpenK: Por mais que a Semana do Brasil venha crescendo a cada edição, a Black Friday ainda tem o posto de “principal data para vender no ano”. Comece a preparar a sua agora, afinal não é muito cedo para começar a falar sobre a Black Friday 2021.

Geralmente damos toda a assistência necessária aos nossos contratantes e, inclusive, trabalhamos em esquema de plantão para dar suporte nessas ocasiões especiais. Mas, se você ainda não conta com nossos serviços, não vamos te deixar na mão: resolvemos criar uma lista com as questões mais recorrentes e estratégias mais acertadas para a sua Semana do Brasil.

São elas:

Pagamento

Foto de mulher em fundo amarelo segurando smartphone com uma mão enquanto olha seu cartão bancário com a outra.

Não caia na armadilha de achar que você já conhece, exatamente, as formas com que seu público costuma comprar. Claro, com relatórios é possível identificar o checkout mais comum (geralmente o cartão de crédito), se ele compra parcelado ou à vista. Mas e aqueles que nem chegaram a comprar? Como eles gostariam de pagar? Já pensou que, talvez, não finalizaram o pedido justamente por você não oferecer o método que ele utiliza? Ainda que ele possa ter sentido confiança na integridade da sua loja?

Essa situação fica ainda mais nítida quando colocamos no cenário situações como a Semana do Brasil, que são uma ótima oportunidade de chamar a atenção de novos clientes pelo preço. E se tiverem uma experiência de compra positiva vão se tornar compradores recorrentes.

Pensando nisso, vamos te passar os principais cuidados em relação ao pagamento que o seu e-commerce precisa oferecer hoje mesmo. Então é só conferir se já trabalha com eles:

  • Cartão de crédito, débito e boleto: Esse é o “padrão dos métodos de pagamento”, mas vale ressaltar que é necessário oferecer todas as bandeiras, além de opções de parcelamento; 
  • Pix: Estamos passando por uma evolução do sistema, agora para as empresas. Com todas as facilidades para o comércio como o Pix Cobrança e Pix Garantido, nomes como a B2W e Mercado Livre já estão oferecendo. Ou seja, o cerco está se fechando e você deverá trabalhar com ele o quanto antes; 
  • Sistema Antifraude: Só no primeiro semestre de 2021 as tentativas de fraude online cresceram 32%, um estágio que já havia batido recorde em 2020. Para assegurar que você receba o pagamento das suas compras e que os dados dos seus clientes estejam seguros, segurança em pagamentos online só com sistema antifraude;

A nossa dica master para você conseguir oferecer todos os meios de pagamentos com segurança ainda durante a Semana do Brasil é integrar o seu e-commerce com uma subadquirente, como PayPal, PagSeguro, ou MercadoPago. Elas ainda dispõem de ótimas facilidades, como vender uma compra parcelada e receber à vista.

Como anda a divulgação?

Foto de mulher com traje amarelo em fundo amarelo. Ela está saltando e com feição de grito segurando um megafone.

Montar uma campanha para uma ocasião como a Semana do Brasil é bem mais trabalhoso que preparar o e-commerce para o dia das mães, por exemplo. Nas “datas de um dia só” toda a estratégia de marketing deve ser feita previamente e no grande dia apenas gerenciar para que tudo dê certo. Já aqui aqui é possível fazer um acompanhamento e até alterações se algo não estiver como planejado.

A essa altura já deu para sentir como está caminhando a sua estratégia determinada na fase de planejamento, seja quais forem. Mas se os resultados não estiverem como os esperados, tome algumas medidas:

  • Certifique-se de como estão os seus preços: Por mais que os números das últimas edições da Semana do Brasil sejam animadores, ainda estamos na terceira edição. O melhor mesmo é aproveitar esses dias para fazer uma pesquisa de mercado e ver quanto, de fato, os seus concorrentes estão dando de desconto neste ano; 
  • Analise quais estratégias estão performando melhor: Se você é um profissional de e-commerce, com certeza tem uma conta no Google Analytics – se não, providencie logo. Ele vai mostrar de onde estão vindo os seus acessos (busca direta, por pesquisas no Google ou direcionamento por mídias sociais). Aposte no que está dando certo, mas, mais que isso, entenda o que você está fazendo de errado para as outras não estarem indo tão bem;
  • Analise as vendas nos marketplaces: O evento é uma iniciativa do Governo Federal, entidades do varejo e maiores players do mercado. Então, com certeza, os grandes marketplaces vão fazer suas próprias campanhas. Veja quais deles estão performando melhor e oferecendo maiores vantagens para o seu negócio.

#DicaOpenK: Com o Kanais, nosso hub de integração, você pode vender em vários marketplaces, mas “reservar” parte do seu estoque para aqueles que te dão maior retorno (menor comissão, maior visibilidade, melhor bonificação na Semana do Brasil). Para conhecer melhor essa e outras vantagens, descubra o Kanais.

E a velocidade do seu site?

Foto de mulher com traje amarelo em fundo azul. Ela está segurando um celular com capa na mesma cor de sua roupa.

Aí está um ponto que pouca gente dá a devida atenção quando se fala de Semana do Brasil ou qualquer outra data do comércio eletrônico, mas que pode prejudicar o sucesso do seu negócio: a velocidade do site.

Nessas ocasiões o tráfego do site aumenta drasticamente – é para isso que fazemos campanhas, certo? Mas e se ele não tiver capacidade para suportar tantos acessos ao mesmo tempo? A velocidade de abertura de páginas é reduzida.

Isso por si só já é um inconveniente para os seus clientes, que se sentem desconfortáveis e até começam a questionar a integridade da sua loja virtual. Segundo o Google/SOASTA Research, se o tempo de carregamento estiver entre 3 e 5 segundos, a taxa de rejeição fica em 90%. Entre 6 e 10 aumenta em 123%.

Como se já não bastasse, o próprio Google informou que páginas que levam mais de 2 segundos para carregar sofrem penalidades na indexação. Isso quer dizer que você não vai aparecer nas primeiras buscas, não ser encontrado pelos clientes e não vender – mesmo investindo em anúncios pagos.

Uma dica que te damos é acessar agora mesmo o PageSpeed Insights, do próprio Google, para checar se a velocidade está dentro dos parâmetros. Se não estiver, contacte o seu programador urgentemente para ver o que pode ser feito.

Venda além da Semana do Brasil

No texto de hoje fizemos um recorte totalmente direcionado para a Semana do Brasil do seu negócio. A sua ação não está, necessariamente, pecando em todos esses pontos que foram listados. Ainda pode ser que, olhando para eles, outros apareçam no decorrer das adaptações.

Mas antes mesmo que você se pergunte se todos esses cuidados realmente valem a pena, pedimos que repense e olhe com calma cada um desses tópicos. Tudo o que levantamos aqui será extremamente útil na sua Semana do Brasil, mas o seu e-commerce carregará de herança por um bom tempo.

Este é o nosso intuito: que seu negócio esteja pronto para essa ótima oportunidade de vendas, mas também para o futuro. E lá, nesse porvir, as vendas serão ainda mais competitivas, mas sem nunca deixar de lado a parte pessoal do negócio com o cliente.

Essa é uma questão tão importante quanto, mas que vamos precisar de um pouco mais de tempo com você para falar a respeito, afinal, se trata de sensações. Se tiver interesse, podemos te mostrar agora mesmo o comportamento de consumo para o segundo semestre.

Agora, se precisar de uma ajuda mais técnica para o seu e-commerce para essa reta final do ano, onde estão as maiores oportunidades de negócio, é só clicar neste banner:

 

Uma mão tocando tela de notebook com o texto: “muito mais que uma plataforma online. Acesse nosso site agora”.


Comentários

Deixa seu Comentário