fbpx

Blog Openk

Provedora de soluções de vendas e gestão

  1. Home
  2. • blog

27/04/2021
Comentários

Tem muitos fatores que levam uma loja virtual a não vender, mas já foi comprovado: uma das principais causas do abandono de carrinho é o preço do frete. Segundo o Reclame Aqui, 63,9% das pessoas que compram online já fizeram isso. Mas vender com frete grátis, por mais vantajoso para as vendas que seja, é muito difícil para muita gente.

Mesmo difícil, é possível vender com frete grátis – mas você precisa saber que não é só decidir que a partir de hoje você vai vender sem frete e pronto. Existem vários métodos usados para conseguir vender assim e cada um deles tem seus ônus e bônus.

Por isso, a melhor forma para vender com frete grátis é analisar cada um desses métodos. E, hoje, nossa discussão é sobre isso. Vamos tratar de todos esses pontos em uma conversa bem descomplicada.

Vamos começar?

Pessoa usando tablet para acessar uma loja virtual.

Lado operacional de vender sem frete

Com um mercado tão competitivo como hoje em dia, comprar de uma loja virtual está mais fácil do que nunca. Mas para os lojistas, vender está se tornando cada vez mais difícil.

A concorrência é grande e com o aumento das vendas online, o e-commerce precisa não só estar atento aos grandes desafios de vender pela internet como também oferecer as melhores possibilidades de compra – preço baixo, entrega rápida e frete grátis.

Veja bem: lá em 2014, no começo do nosso blog, já dizíamos aqui que vender com frete grátis era possível. E agora, com o comércio online crescendo exponencialmente, muita gente já vende com frete grátis, e muitos clientes já compram com frete grátis todos os dias.

Amazon, B2W, Via Varejo: todos esses marketplaces conseguem entregar rápido e, em casos específicos, já não cobram frete.

Mas para realmente vender com frete grátis no e-commerce, você precisa levar alguns pontos em consideração:

O que o frete grátis representa para seu e-commerce?

Pensando pelo lado positivo, vender com frete grátis te oferece uma vantagem competitiva em relação a seus concorrentes. Se vocês vendem o mesmo produto, mas sua loja aderiu a uma campanha de frete sem custo, o cliente vai preferir comprar de você.

Além de ter essa vantagem com a concorrência, vender com frete grátis agrega na relação com seus clientes. Por que?

Bom, é sempre interessante pensar que essas campanhas devem acontecer algumas vezes ao ano e elas criam a ideia de que você se importa com o consumidor, celebrando alguma data e/ou simplesmente dando aquele presente para ele.

Mas, claro, não dá para incluir todos os produtos e vender com frete grátis em todo o seu site, durante todo o ano. Então, a melhor forma de fazer isso é através de campanhas aí no seu e-commerce:

Vender com frete grátis por meio de campanhas

Homem abrindo caixa de compra que fez em uma loja virtual.

Para que seu cliente não desista da compra por conta do frete, aqui vão algumas dicas de como vender com isenção de frete sem sacrificar a saúde financeira do seu negócio:

  • Faça campanhas sazonais e ofereça frete grátis (Black Friday, Dia das Mães, Natal e quando mais for possível para incentivar a compra);
  • Escolha um valor mínimo nas compras para vender com frete grátis;
  • Faça uma campanha de frete grátis na loja em períodos de poucas vendas e entre datas importantes para o comércio;
  • Escolha um nicho e faça campanhas de frete grátis por tempo determinado;
  • Use datas menos conhecidas para incentivar a venda de determinados produtos com frete grátis (uma loja de eletros pode fazer uma promoção para o dia mundial do café, com cafeteiras e outros acessórios, por exemplo.)
  • Ofereça frete grátis a clientes fiéis ou de determinadas localidades.

Até aí ok, mas de onde saem os custos atrelados à isenção de frete? Bom, o envio precisa ser feito e isso vai estar no seu orçamento de qualquer forma. Então a resposta para a pergunta é bem simples: sai do seu bolso mesmo. Mas, calma, existem formas de minimizar esses valores e é o que eu vou te explicar a seguir:

Alternativas de envio para vender com frete grátis

Encarregado de transportadora fazendo entrega de encomenda a uma mulher.

O Mercado Livre é referência quando o assunto é isenção de frete. Quem vende por lá, está optando por não cobrar o envio justamente pensando na fidelização dos clientes e no aumento de vendas. O site criou um sistema bem simples de pontos no qual o comprador acumula uma certa pontuação e paga mais barato para receber o produto. Interessante, não é?

Essa, inclusive, pode ser uma opção para acrescentar na lista que fizemos ali em cima para vender com frete grátis. A parte difícil vai ser ter o controle desses pontos sem uma plataforma mais robusta – ou mesmo controlar isso tudo em uma operação menor.

Mas quando o assunto são as formas de envio, sabia que tem como economizar neste quesito para oferecer o frete grátis aos seus clientes? Para isso, analise algumas opções:

  1. Entenda as formas de envio – Antes de mais nada, é preciso conhecer todos os tipos de frete para saber qual é a melhor opção para sua loja virtual e quais os pontos fortes e fracos das empresas. Algumas pecam no prazo, mas entregam em todo o país, como os Correios;
  2. Trabalhe com dropshipping – Essa é uma técnica em que o produto vai direto do fornecedor para o comprador, sem passar pelo seu e-commerce. Como isso reduz os custos para você, é possível oferecer o frete grátis tirando dessa margem de lucro;
  3. Conheça os planos dos Correios. Não existe frete fixo nos Correios, mas existem alguns pacotes que compensam e oferecem muitas facilidades para o e-commerce. Com tarifas menores, é possível vender com frete grátis para seu cliente.
  4. Analise os custos de uma transportadora. A partir de certo ponto o valor dos Correios deixa de compensar. Por isso, analise as transportadoras que prezam pela qualidade do serviço e que tenham uma área de entrega abrangente;
  5. Diminua a margem de lucro. Para não pesar tanto no bolso, vale a pena calcular a margem de lucro e reduzi-la um pouco durante as campanhas, principalmente levando em conta que suas vendas podem aumentar nesse período. Assim você vende sem frete e sem grandes sacrifícios.

Homem fazendo entrega em uma casa. Ele segura uma caixa e um protocolo de recebimento.

Vale tudo para vender com frete grátis?

Não! Frete grátis é ótimo, mas não pode te dar prejuízo. O ideal é fazer a análise de como anda o seu negócio e se essas campanhas realmente seriam interessantes para sua loja virtual neste momento.

E, claro, não precisa fazer uma campanha dessas todo mês. Pondere bem quais produtos saem mais, quais estão encalhados no estoque e outros fatores. Só quem é dono do próprio negócio conhece o comportamento dos seus clientes.

Então, adeque-se e vá com calma! Seu negócio não vai falir se você não vender com frete grátis. Isso é mais um bônus mesmo – e estamos aqui te mostrando como tornar isso possível.

Agora que você sabe como vender com frete grátis e já sabe como colocar a ideia em prática, está na hora de analisar as formas de envio. Na hora de decidir o formato do frete, é preciso conhecer tudo sobre as diferentes opções do mercado para conseguir oferecer uma entrega que seja boa para você e seu cliente.

Já discutimos esse assunto aqui no blog. É só acessar e ficar por dentro de como entregar de forma rápida, segura e oferecendo vantagens a seus clientes.

Esperamos você lá, ok?


Comentários

Deixa seu Comentário