fbpx

Blog Openk

Provedora de soluções de vendas e gestão

  1. Home
  2. • blog

18/01/2021
Comentários

Como ter o seu próprio supermercado virtual?

O ano de 2020 consolidou uma tendência que caminhava a passos lentos aqui no Brasil: o supermercado virtual. Não que esse seja um modelo de negócios completamente novo – empresas como o Carrefour já tentavam fazer esse serviço emplacar há, pelo menos, 10 anos.

Porém, foi com todos os acontecimentos do ano passado, que o Brasil inteiro “descobriu” essa nova forma de comprar. Hoje até pequenas mercearias já oferecem algum nível de informatização nos pedidos e entregas para seus clientes.

E como o brasileiro gosta de serviços que oferecem vantagens para o seu consumo e facilitem o dia a dia, pode ter certeza que fazer compras online de supermercado é um comportamento que veio para ficar.

Foi pensando nisso que trouxemos dados que comprovam essa nossa aposta e um “extra” com dicas de como montar o seu próprio negócio neste segmento. Continue a leitura!

Mulher em sua mercearia usando avental. Ela está contente e com as mãos na cintura.

Porque é o negócio do momento! Agora pelas razões certas. Vamos te explicar melhor:

Até pouco tempo atrás, em 2017, as vendas online não chegavam a 3% do faturamento no setor de supermercados. Acreditamos que a estratégia do supermercado virtual nessa época era uma questão de posicionamento de marca, se mostrando mais moderno e prático do que um investimento voltado para retorno financeiro a curto prazo, entende?

Mas foi no ano passado, com o auge das normas de restrição e o medo das pessoas em sair de casa que tudo mudou: as compras online de mantimentos aumentaram 233% no Brasil, fazendo do supermercado virtual o terceiro setor que mais cresceu na pandemia, aumentando o faturamento em 80%, segundo ABComm e Compre&Confie.

#Dica: Nessa mesma pesquisa, os setores que ficaram em primeiro e segundo lugar foram Saúde (111%) e Beleza (83%). Se você quer se aventurar também nesse segmento, veja o nosso texto sobre ideia de negócio: farmácia online dobra vendas na pandemia.

E engana-se quem pensou que esse comportamento vai embora com a pandemia: 62,7% dos entrevistados na pesquisa feita pela Social Miner disseram que vão fazer as compras de supermercado e feira mesclando os meios online e físico, ao passo que outros 10,9% vão comprar só online.

Por isso que nós dissemos que supermercado virtual é o negócio do momento pelo motivo certo: cada vez mais as pessoas estão fazendo suas compras online pela praticidade e não mais pelo medo de sair de casa.

Então pode ir se acostumando, porque, daqui pra frente, supermercado online vai ser normal e até preferência de uma parcela da população. Mas quem é essa população?

Como vão ser as compras no supermercado virtual?

Mulher em sua cozinha vestindo avental. Ela está utilizando um tablet.

Mesmo sabendo que o setor está em alta, é sempre bom ter certeza de onde você está entrando. Até para quem já tem uma familiaridade com um supermercado físico, duas questões bem importantes devem ser levantadas:

1ª. Quem vai comprar online

A resposta mais fácil seria dizer que “todo mundo compra online hoje em dia”. Mas traçando um perfil mais profundo desse público, podemos dizer que são:

Homens e mulheres: tradicionalmente, as campanhas mostram sempre mulheres fazendo compras de casa, mas uma pesquisa mundial mostrou que homens compram até mais que as mulheres (47% contra 39%).

Entre 25 e 34 anos: são 37% do público que compra em supermercado virtual, seguindo o comportamento dessa geração Y (1980 – 1994) que busca a praticidade. Para a nossa surpresa, vale dar uma atenção especial também para aqueles entre 55 e 64 anos que nessa mesma pesquisa representam 32% dos compradores online.

O que compram: falando em produtos, o cuidado pessoal representa 53% das vendas, seguido dos embalados/enlatados (31%). Os perecíveis ainda são uma barreira a ser rompida – carnes e produtos frescos são apenas 14% dos itens comprados.

2ª. O que acontece com as lojas físicas daqui em diante

Como já dissemos, hoje o público está bem mais aberto para fazer as suas compras em um supermercado virtual, mas de forma mesclada com as físicas. Por isso, nós não acreditamos que as lojas físicas vão perder espaço.

Falamos isso porque o supermercado virtual é um canal a mais, não um substituto do que já existe. Se você está pensando em montar o seu, provavelmente já tem um físico ou está pensando em abrir os dois ao mesmo tempo.

Prova desse caminho é a pesquisa da APAS que ainda em 2019 mostrava 26% dos supermercadistas apostando nas vendas online (36% entre os de grande porte). Ou seja, assim como já dissemos no texto sobre como vender online na pandemia, o futuro é Omnichannel! E o seu negócio também deve ser.

Dito isso, você já está pronto para o próximo passo:

 Como ter o seu próprio supermercado virtual?

Essa tarefa é bem mais fácil e comum para quem já tem um supermercado, mercearia e conveniência, porque o trabalho será apenas criar um site para ampliar o seu negócio.

Claro, você pode ainda montar um negócio próprio, mas neste caso é preciso ter cuidado com os perecíveis, principalmente no início, quando o giro é menor.

Mas, independente de como vai ser o seu supermercado virtual, você precisa ter em mente que essa pode ser uma operação bem robusta e isso exige uma plataforma própria e um programador dedicado que levar cada detalhe para o online.

Caso você não tenha em mente montar um grande supermercado virtual, como o Carrefour ou o Pão de Açúcar, plataformas de e-commerce são ideais para você – além de custar menos, elas ficam prontas mais rápido.

Para simplificar o processo é só você trabalhar com medidas padronizadas. Vamos usar o exemplo das carnes: seu cliente não poderá escolher qualquer quantidade, mas sim embalagens de 500g ou 1kg. O mesmo vale para hortifruti e itens de padaria.

Então, seja qual for a complexidade do supermercado virtual que você tem em mente, nós podemos te ajudar! Para operações maiores e com um grande nível de customização você pode acessar o nosso site para desenvolvermos uma plataforma B2C do zero junto com você.

Agora, se a sua loja for pequena, uma mercearia de bairro ou uma conveniência, temos um segmento exclusivo para esse tipo de negócio: no Amplia Vendas você mesmo pode criar o seu supermercado virtual a partir de templates e funções pré-definidas e customizáveis. Vale a pena conferir!

Nos vemos no próximo texto!


Comentários

Deixa seu Comentário