fbpx

Blog Openk

Provedora de soluções de vendas e gestão

  1. Home
  2. • blog

18/04/2019
Comentários

Dentro do mundo dos e-commerces, nunca é cedo demais para começar a se planejar para datas especiais. É sempre assim: sai a Páscoa e logo em seguida já é hora de preparar o e-commerce para o Dia das Mães.

Junto com essa data comemorativa, vem o aumento considerável do tráfego na sua loja. Principalmente se você fizer uma estratégia efetiva de marketing ou uma promoção imperdível. Em meio a tudo isso, a pior coisa que poderia acontecer é a sobrecarga do seu site ou a falta de mercadoria.

Ninguém quer perder vendas por erros tão banais.

Aqui no Brasil, o Dia das Mães representa o segundo maior faturamento do ano. De acordo com levantamentos da Ebit, o faturamento dos e-commerces no Dia das Mães de 2018 chegou a R$2,11 bilhões – o que representa uma alta nominal de cerca de 12% em comparação com 2017.

Como consequência do crescimento das vendas, a média de tráfego nesse período também aumenta. Alguns sites chegam a registrar cerca de 300% a mais no número de visitantes diários.

A realidade é que a maioria dos comércios online, médios ou pequenos, não se preparam para esses picos de vendas. Os problemas começam a aparecer logo nos primeiros minutos de aumento de tráfego: site lento, servidores indisponíveis, problemas ao finalizar a compra, falta de estoque, atraso nas entregas etc. Tudo isso se torna um transtorno enorme para você e para os seus clientes, que acabam perdendo a consideração pelo seu negócio.

Por isso, é muito importante observar alguns aspectos e preparar o e-commerce, para que as datas comemorativas sejam sempre uma oportunidade de alavancar as vendas.

Preparar o e-commerce para grandes fluxos de visitas

Ao preparar o e-commerce para datas comemorativas, a primeira coisa que você deverá observar é a estrutura do seu site: ela deve ser capaz de suportar qualquer intensidade de fluxo que possa chegar. Veja alguns pontos importantes a serem considerados:

Plano de hospedagem flexível

Embora a configuração do seu site possa dar conta do fluxo atual de visitantes, ela pode não ser o suficiente para aguentar um pico de tráfego.

Para preparar o e-commerce para esse tipo de oscilação, o ideal é ter um plano de hospedagem flexível, que permita escalonamento para cima e para baixo, conforme a necessidade do seu site.

Assim, bastará aumentar o escalonamento pouco antes dos dias de pico de tráfego e diminuir logo depois. Você pagará somente o que precisar utilizar e terá total controle dos gastos extras.

Distribuição uniforme de servidores

À medida que o tráfego do seu site vai aumentando, maior será a chance de sobrecarregar o servidor e parar todo o sistema.

Para evitar que essas falhas aconteçam no seu site e você perca suas vendas, o ideal é investir em um balanceador de carga de servidores, oferecidos pelos serviços de hospedagem. O balanceador distribuirá uniformemente o tráfego do seu site entre servidores disponíveis na web, evitando a sobrecarga.

Além disso, se um servidor web falhar, o balanceador redirecionará o tráfego para outros servidores, evitando as falhas de carregamento e diminuindo a latência geral dos visitantes.

Suporte 24/7

Os e-commerces nunca têm hora para vender e tampouco para dar problemas. Por isso, dê preferência para servidores que oferecem suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana e evite perder vendas por falta de atendimento.

Preparar o estoque para o aumento nas vendas

Dentro de um galpão de estoque, uma pessoa confere produtos para o dia das mães em um tablet.

Quando falamos em preparar o e- commerce para o Dia das Mães, também estamos falando em preparar os estoques. Você pode adotar algumas práticas para evitar a falta ou o desperdício de produtos, como:

Analisar as vendas do ano anterior

Se o seu e-commerce já estava aberto no Dia das Mães em 2018, você certamente sabe o que esperar das vendas deste ano.

Faça uma estimativa com base nas vendas de outras datas comemorativas também; assim, você conseguirá enxergar se as vendas aumentaram ou caíram ao longo do tempo e fazer uma média de vendas para não errar no estoque.

Mas se é a primeira vez que você precisa preparar o e-commerce para as vendas de dias das mães, não desanime. Mesmo sem os dados da sua loja, você pode buscar por dados de vendas de outras empresas no mesmo setor. Desta forma, ficará mais fácil calcular a sua média de vendas.

Verificar estoques promocionais

Não tem coisa pior para o cliente do que uma entrega atrasada por falta de produto. Certifique-se de conferir o estoque disponível para os produtos em promoção e verifique se bate com o número registrado no e-commerce.

Estoque zero em datas comemorativas

Você não precisa migrar todo o seu e-commerce para o estoque zero, mas adotar pontualmente essa estratégia pode ser útil para se manter preparado no aumento de pedidos. Na hora de preparar o e-commerce para picos de vendas, busque um fornecedor de confiança e acione-o em datas comemorativas, como o Dia das Mães.

Assim, você evita estocar produtos além da sua capacidade e garante a venda para o seu cliente.

Escoamento de mercadorias paradas

Se você tem um estoque próprio para o seu e-commerce, com certeza você tem mercadorias paradas. Aproveite o Dia das Mães e ofereça os produtos parados no estoque como brindes. Essa é uma boa forma de liberar espaço para produtos novos, sem perder dinheiro.

Disponibilidade do serviço de entrega

Você deve estar pensando: “Se eu pago o serviço de entrega, ele precisa dar conta”, certo? Errado! Muitas empresas de frete para e-commerce não conseguem lidar com grandes entregas, pois não possuem a estrutura para tal.

A solução é verificar na empresa a capacidade máxima de entregas diárias, para que nenhum cliente fique com um produto em atraso. Caso necessário, você precisará buscar serviços que atendam a sua demanda de entregas.

Seguindo algumas dessas orientações, podemos preparar o e-commerce para picos de vendas em datas comemorativas, como o Dia das Mães.

Devemos lembrar também que as lojas virtuais gratuitas não possuem meios de configurar servidores e muitas delas possuem limite máximo de tráfego de clientes. O ideal é que você avalie bem o tipo de hospedagem do seu e-commerce, para só então começar os preparativos para as vendas.

Leia o nosso próximo artigo e saiba mais sobre os prós e contras de uma loja virtual grátis!


Comentários

Deixa seu Comentário