fbpx

Blog Openk

Provedora de soluções de vendas e gestão

  1. Home
  2. • blog

27/08/2020
Comentários

Post its com desenho de lâmpada e ponto de interrogação. Clipes e papéis amassados ao redor.

Escolher o nome para a loja virtual é quase o primeiro passo antes de abrir. E várias vezes vem a dúvida: qual é o melhor? Será que existe um “jeito certo” de batizar meu e-commerce? Bom, sim e não.

É claro que os nomes para loja virtual são, na maioria das vezes, uma questão de preferência dos donos. Só que o ambiente online tem algumas particularidades interessantes que é bom entender antes de escolher o nome ideal: a disponibilidade no registro, a facilidade de reconhecimento no Google, etc.

Hoje vamos aprofundar essa conversa aqui no blog. Vamos levar em conta alguns preceitos básicos de clareza e objetividade, outros mais aprofundados de SEO e falar um pouco sobre a disponibilidade de domínio para registro.

Podemos começar?

Como escolher nomes para loja virtual?

Para começar nossa conversa, é bom levantar, antes, os principais pontos que norteiam a escolha do nome perfeito para o seu e-commerce.

O primeiro ponto é a clareza e a objetividade que o nome consegue transmitir. Sua loja precisa ser facilmente identificável pelo que ela vende.

O segundo ponto é sobre os elementos de SEO para o nome e a possibilidade de escolhê-lo fazendo uma pesquisa de palavras-chave. Dessa maneira é possível e bem mais assertivo – mas você acaba perdendo um pouco o “controle” da escolha.

O terceiro ponto é entender se o nome que você escolheu está disponível para a utilização.

Com esses três mindsets bem definidos para a procura de nomes para sua loja virtual, você vai encontrar o ideal sem gastar tempo demais. No máximo um dia.

Agora começamos de verdade. Continue a leitura para saber mais.

O nome da loja virtual precisa ser objetivo e adequado

O seu segmento não está completamente sozinho online. É diferente de uma loja física, por exemplo, que raramente tem competição na mesma rua. Em uma página do Google – a sua “rua” – existem várias lojas que vão estar praticamente do seu lado, disputando cliques.

Para se destacar, você precisa ser objetivo e ao mesmo tempo adequado ao seu público.

Um exemplo, você vende roupas modernas e descoladas. Todas as outras lojas têm nomes como “ZARA”, “SHEIN”, “SHOULDER”, etc. Se a sua loja se chamar “Confecções da Renata”, é difícil te associar a esses outros nomes mais modernos.

Pesquisa no Google por “loja de roupas” retornando resultados como Dafiti, Passarela, Marisa, dentre outras.

É melhor ser parecido com esses nomes, por exemplo, do que “passar batido” porque seu nome não chamou a atenção de ninguém

A objetividade é uma questão também bastante abstrata. No exemplo “Confecções da Renata”, você foi objetivo o suficiente para descrever seu segmento já no nome. Em alguns casos, isso funciona, em outros isso é completamente necessário – no caso do exemplo, isso foi prejudicial. As outras lojas do segmento não têm nomes assim e a sua corre o risco de “passar batido”.

Viu como escolher nomes para loja virtual é um trabalho que depende muito do seu segmento e público? Uma loja elétrica teria muito mais vantagens se chamando “E-létrica” do que “Elétrica do José”, por exemplo.

Anote a dica: objetividade adequada é a possibilidade de você descrever sua loja, na medida do possível, dentro do nome, mas respeitando as limitações do seu segmento.

O nome pode refletir nas pesquisas no Google

Como as pessoas pesquisam no Google? Usando perguntas ou até mesmo nomes soltos. “Loja de ferramentas online”, “lojas de móveis”, etc. Entender como seus potenciais clientes procuram pelo seu segmento no Google pode te dar dicas de nomes para sua loja virtual.

É claro que você não vai colocar “loja de ferramentas online” como o seu nome, mas poderia ser algo como: “Tem Tudo Ferramentas Online”. E, na verdade, incluir os termos no seu nome fantasia pode fazer uma grande diferença, especialmente pra quem está começando e precisa de muitas visitas para vender mais.

Um ótimo artigo do Amplia Vendas te fala como fazer essa pesquisa de palavras-chave com um passo a passo bem simples de seguir. É muito fácil mesmo, em 5 minutos você já vai estar olhando para uma tela como essa:

Tela do Google Keyword Planner retornando sugestões de palavras-chave relacionadas a “móveis rústicos”.

Essa é a tela do Google Keyword Planner, que te mostra termos relevantes para a sua área com uma média de pesquisas mensais. Esse é um jeito excelente de entender como seu público se refere a lojas parecidas com a sua e se adaptar.

Agora, pode ser que seu nome não se encaixe nessas pesquisas por conta do seu público alvo. Estávamos falando de marcas de roupas no início do texto: elas normalmente têm um nome bem característico e criativo, sem espaço para essas palavras-chave.

Não tem problema. Você pode usar essa pesquisa para fazer a meta descrição do seu site, que também vai aparecer no Google. Veja:

Resultado do Google para a Loja Forever 21, destacando sua meta descrição.

A marca de roupas Forever 21 usa termos relacionados na sua meta descrição, que vai embaixo do nome em uma pesquisa no Google.

Como saber se o domínio está disponível para o nome da loja?

Tudo bem até agora? Os dois pontos que envolvem a criatividade já estão resolvidos. Agora vamos entrar em uma outra parte um pouco mais burocrática: entender se o domínio que você quer está disponível para registro.

Vamos supor que a sua loja vai se chamar só Carros Usados Online. O seu site, então, deveria ser carrosusados.com.br ou carrosusadosonline.com.br, certo?

O problema é que esses endereços são concorridos. É muito pouco provável que eles estejam disponíveis para você usar como o domínio do seu site. Existe um jeito muito simples de testar: usando ferramentas gratuitas como o Registro.br ou o Hostgator.

Página de pesquisa de domínios do Hostgator


O Hostgator, inclusive, te permite visualizar outras opções de domínios para registro, algumas atualizadas, outras nem tanto.

O domínio precisa ser comprado. Por isso você está vendo esses preços no print: é o quanto você precisa pagar para poder usá-lo. Os preços são bem módicos, só os nomes para loja virtual mais concorridos vão ser um pouco mais caros, mas, salvo em raríssimas ocasiões, você não paga mais de R$ 100 por ano.

Para dar entrada no domínio que você escolher, agora que o nome para loja virtual já foi escolhido, você só vai precisar procurar um site que faça esse trabalho. É o caso do Hostgator – que indicamos por ser o mais popular no Brasil.

Muitos desses sites já oferecem o pacote completo, com domínio e hospedagem, o que é um ótimo negócio. Pesquise, compare e decida pelo que fica melhor pra você.

E aí, viu como é simples escolher nomes para loja virtual? Nosso blog passou por um hiato recentemente, mas agora voltamos com força total. Acesse para ver os novos textos que vamos lançar semanalmente.

Até a próxima!


Comentários

Deixa seu Comentário