fbpx

Blog Openk

Provedora de soluções de vendas e gestão

  1. Home
  2. • blog

24/05/2019
Comentários

pessoa comprando em site de e-commerce.

Mesmo tendo muitos visitantes, o seu e-commerce não vende? Saiba que você não está sozinho. Entre o universo de mais de 1 bilhão de sites e e-commerces ativos na internet, muitos negócios sofrem com os visitantes que não compram nada.

Existem muitas razões para que as pessoas decidam por não comprar de você depois de visitar sua loja online. Neste post, vamos falar sobre os problemas mais comuns dos sites e que podem fazer alguém desistir da compra. Também vamos apresentar algumas soluções e truques para você colocar em prática no seu e-commerce e converter ainda mais!

Meu e-commerce não vende: o que pode estar causando esse problema?

Se o seu e-commerce não vende, significa que algo nesse processo não está certo. Alguns detalhes, que parecem simples, podem fazer toda a diferença para os seus clientes. Veja os principais aspectos que podem estar comprometendo suas vendas online:

Sua loja online pode estar mal projetada

Entrar em uma loja e encontrar uma home page totalmente desorganizada, menu que não funciona ou produtos sem divisão de categoria, é mais do que apenas um aborrecimento. Pode ser tão frustrante para o seu cliente, que ele pode desistir de fazer a compra na hora.

A experiência online precisa ser tão – ou mais – organizada quanto à experiência física.

Existem duas questões principais em torno do design da sua loja que podem estar afastando as pessoas:

  • Primeiro, você pode estar dificultando a busca dos clientes pelos produtos que estão procurando;
  • Segundo, você pode estar organizando seus produtos de maneira a desencorajar as pessoas a fazer uma compra.

Sabendo disso, podemos apontar alguns dos problemas mais comuns. Entre eles:

  • Sua página inicial não tem um link em destaque para sua loja;
  • Suas categorias de produtos não são exibidas em um único lugar, como um menu inicial;
  • Alguns de seus produtos estão escondidos dentro de coleções;
  • A disposição dos produtos pode não ser a ideal.

Algumas lojas online, com grande quantidade de produtos, podem se sentir tentadas a criar uma página parecida com a do AliExpress ou Wish. Mas o que muitos lojistas não percebem é que lojas menos organizadas podem sobrecarregar o cliente com informações variadas e acabar confundindo ou, simplesmente, tirando o foco do comprador. Esse pode ser o motivo principal pelo qual seu e-commerce não vende.

Quando existem muitos produtos, de setores variados, dispostos no mesmo lugar e se cruzando aleatoriamente, os clientes tendem a se perderem entre os produtos e acabam não comprando nada.

Fotos de baixa qualidade não convencem o comprador

Em uma loja física de varejo, seus clientes têm a oportunidade de examinar os produtos de todos os ângulos, e também de experimentá-los. É através dos detalhes, que os clientes decidem se aquele produto é o ideal ou não.

A experiência online deve se aproximar ao máximo desse aspecto da experiência de uma loja física. A melhor coisa que você pode fazer é ter boas fotos do produto em diferentes ângulos. Melhor ainda: não ter apenas fotos do seu produto, mas também fotos ou vídeos de pessoas utilizando o seu produto.

É compreensível que as pessoas não se sintam tentadas a comprar o seu produto, se você não tem boas fotos, assim como não é possível esperar que alguém compre um produto mal exposto em uma loja.

As descrições dos produtos podem estar fracas

Se o seu site está bem estruturado, as fotos estão em boa qualidade e ainda assim o seu e-commerce não vende, o problema pode estar nas descrições do seus produtos.

Algumas pesquisas mostram que as descrições dos produtos podem influenciar na decisão de compra dos clientes e não basta fazer uma descrição simples, com alguns atributos dos produtos. Aproveite esse momento para criar uma história e gerar desejo no seu cliente.

Seu e-commerce não vende porque não há uma relação de confiança com seus clientes

Em lojas físicas, você estabelece uma certa relação de confiança, já que você leva o seu produto na hora e não fica na dúvida se vai receber ou não o produto. No entanto, essa dúvida é muito comum no ambiente virtual. Se você não consegue estabelecer uma relação de confiança com os seus clientes, essa pode ser uma razão pela qual o seu e-commerce não vende.

Apresente dados reais sobre a sua empresa, mostre seus certificados de segurança e dê garantias aos seus clientes. Estabeleça um canal de comunicação direto e fácil para que seus clientes possam entrar em contato com você e tenha meios de pagamento que sejam seguros para esses compradores.

Algumas dicas para converter mais no seu e-commerce

Quando o e-commerce não vende, significa que está na hora de tomar atitudes para aumentar as conversões. Aqui estão algumas dicas para você modificar o seu site e aumentar as suas vendas!

Faça melhorias no modo de navegação

Se os seus clientes não conseguem encontrar os produtos que precisam, é certo que eles não vão comprar.

Melhore a navegação do seu site e prefira criar meios mais simples de navegar, com um menu principal ou abas, com produtos agrupados em categorias maiores e, só então, afunilando de acordo com a função ou características.

Deixe as informações organizadas para que os seus clientes possam encontrar tudo o que precisa, sem muitos problemas. Quanto mais complexo é o sistema, mais rápido os clientes podem desistir da compra.

Veja o exemplo da loja Magazine Luiza:

Captura de tela da home page do site www.magazineluiza.com.br

 

Captura de tela da segmentação de departamentos do site www.magazineluiza.com.br

Outro ponto importante é se o layout do site é intuitivo, facilitando a detecção das informações e produtos do seu e-commerce. Também é indispensável que o site seja leve o suficiente para que o cliente não tenha que esperar muito tempo enquanto a página carrega.

Para melhorar ainda mais a navegação, adicione um rodapé com informações importantes e, de preferência, deixe o site-map no rodapé também. Além de melhorar a navegação do seu site, ele torna mais acessível para clientes com deficiência, o que aumenta as possibilidades de venda para todos os públicos.

Captura de tela do rodapé da home page do site www.magazineluiza.com.br

Posicione seus produtos de maneira correta

Os consumidores têm preferência pelos produtos que estão no topo da lista de buscas. Otimize o SEO dos seus produtos mais rentáveis, adicionando palavras-chave mais eficientes para que fiquem sempre no topo da lista.

No caso de posicionamento nos menus iniciais, dê preferência por colocar os produtos mais rentáveis na primeira posição e as promoções na última opção. Isso faz com que o seu cliente encontre mais facilmente os produtos que está buscando, nas condições em que gostaria de encontrar.

Posicione o botão de compra de forma estratégica

Quando um e-commerce não vende, o mais certo é que o problema esteja na experiência do cliente. Deixe a experiência ser completa, antes de oferecer a compra do produto.

Sempre que possível, transforme o botão de compra como parte da visualização do produto, junto com descrições, características, aplicações etc. Assim, você envolve o seu cliente, antes de oferecer o produto e, quando ele clicar, significa que ele estará pronto para comprar.

Veja o exemplo da Apple:

Captura de tela do site de apresentação do iPhone XS: www.apple.com/br/iphone-xs/

Sempre que tiver uma oferta especial, adicione um texto explicativo

Além de chamar a atenção dos seus clientes para as ofertas na sua loja, o texto deixará mais claro como o seu cliente pode aproveitar a promoção.

Coloque o texto na página inicial e não deixe de falar sobre a data final, a quantidade limitada de produtos ou a categoria incluída nas condições especiais.

Veja o exemplo da Lojas Americanas, com a promoção exclusiva para o aplicativo.

Captura de tela das promoções na home page do site www.americanas.com.br/

Otimize o sistema de buscas do seu site

Segundo uma pesquisa feita pela equipe de marketing de Neil Patel, cerca de 81% dos clientes fecham a página se não conseguem encontrar os produtos que estão buscando.

Isso significa que se o seu e-commerce não vende, algo pode estar errado com a forma que você disponibiliza as buscas no seu site. Otimize o SEO, inclua palavras-chave e tags nos produtos, para facilitar a busca e aumentar as conversões.

Implemente a função de preenchimento automático

Se o seu e-commerce não vende, você pode adicionar o recurso de preenchimento automático quando alguém começa a digitar algo na sua página de pesquisas. O recurso se torna ainda mais eficaz quando você adiciona uma miniatura da foto e o preço do produto que seu cliente está buscando.

Prefira fazer anúncios direcionados aos produtos e não à loja em si

Na hora de anunciar a sua loja nas redes sociais, dê preferência pelo anúncio direcionado para os produtos de maior interesse dos usuários.

Você também pode utilizar a técnica de remarketing ou retarget, para mostrar produtos pelos quais aqueles usuários de redes sociais já demonstraram interesse. O produto certo, com o preço justo, no momento certo do cliente, aumenta consideravelmente as suas chances de vendas.

Quando o seu e-commerce não vende, significa que está na hora de tomar providências para mudar o cenário. Seja com configurações no site, fotos novas ou uma atenção maior na hora de colocar os produtos no ar, você pode sair da realidade de um e-commerce que não vende e não é rentável e passar a ser uma referência no seu segmento.

Acompanhe o blog da Openk para descobrir como você pode deixar o seu e-commerce incrível e gerar muitas conversões. Aproveite e veja dicas de como melhorar o SEO do seu e-commerce de forma simples e prática!


Comentários

Deixa seu Comentário