fbpx

Blog Openk

Provedora de soluções de vendas e gestão

  1. Home
  2. • blog

13/08/2021
Comentários

Foto de mulher de bruços em sofá de frente a notebook. Na tela, divulgação da Black Friday, com tema preto e vermelho.

Quanto tempo de antecedência um medalhista olímpico precisa ter para se preparar para a maratona? Um ano? Dois? Dez? Quando se trata da Black Friday 2021 esperamos que você tenha a mesma garra de um competidor de elite, porque é assim que os seus concorrentes estão encarando.

Como sabemos que sua busca não é por medalhas, temos algo ainda melhor: R$ 7,72 bilhões. Esse foi o valor que o e-commerce faturou do dia 26 (quinta-feira) a 30 (segunda) na edição do ano passado, segundo o relatório da Neotrust/Compre&Confie/ClearSale. Mais que o dobro das vendas no Natal.

E como já se deve esperar, quando o prêmio é muito grande a concorrência também é. Já somos 1,59 milhão de e-commerces em atividade no país e, até o dia 26 de novembro, pode esperar que mais alguns milhares aparecerão – muitos, inclusive, vendendo o mesmo que você.

Na maratona Black Friday 2021 não estamos te pedindo um ou dez anos de preparo, mas dois meses, no mínimo. Esse é o tempo mais que necessário para deixar tudo em ordem. E é sobre isso que vamos falar nesse texto: como se preparar hoje para aproveitar ao máximo as vendas em novembro.

Tudo é planejamento na Black Friday 2021

Tenha em mente que, diferente do que muitos pensam, a Black Friday 2021 não será só na sexta-feira. E não estamos falando só daquele período entre a Black e a Cyber Monday. No ano passado consolidou-se um movimento que há tempos vemos acompanhando: a antecipação dos clientes.

Uma pesquisa do Google com a Provokers apontou que, na última edição, 62% dos consumidores pesquisaram os produtos desejados com um mês de antecedência. Outros 42% começaram antes disso. Dizemos ainda mais: as vendas também vão estar mais pulverizadas. Pode esperar que logo logo as campanhas de esquenta garantindo “preço menor que na Black Friday 2021” vão começar a despontar.

Com isso, o que queremos dizer, é que não temos tanto tempo assim. E se você quiser ter uma campanha bem planejada, com os produtos certos, e todo mundo ansioso pelo que a sua loja está preparando, o momento é agora! E a sua estratégia deve levar em conta:

Site

Foto de mulher de bruços em sofá de frente a notebook. Na tela, divulgação da Black Friday, com tema preto e vermelho.

Provavelmente essa vai ser a parte que vai te tomar mais tempo, principalmente se você não tem uma equipe dedicada para cuidar da programação e design do seu site – e ainda mais se a estrutura que você tem hoje não está preparada para a principal data do calendário sazonal do e-commerce.

Sem perder mais tempo, vamos ao que o seu e-commerce precisa ter na Black Friday 2021:

  • Velocidade: sugerimos que hoje mesmo você acesse o PageSpeed e veja a velocidade do seu site (já levando com conta um aumento de visitas no dia 26). Isso é muito sério porque, além de irritar os usuários, o próprio Google deixa de indexar páginas que levam mais de 2 segundos para abrir. Ou seja, todo o seu trabalho de SEO corre um grande risco e pior: ninguém vai ver o seu produto.
    • Se você fez o teste e o carregamento foi maior, algumas medidas podem deixar a sua URL mais leve:
      • Comprimir o tamanho das imagens para até 70 kb cada;
      • Limpar o layout ao máximo;
      • Hospedar vídeos do Youtube ao invés de subir direto no site;
      • Reduzir o número de plugins.
  • Tema comemorativo: Assim como as lojas de rua decoram suas vitrines, é interessante que você crie um design especial para a Black Friday 2021. Isso vai mostrar ao seu cliente que você atualizou o site, além de passar uma credibilidade e instigar a procura por ótimas promoções;
  • Criar uma categoria temporária: É claro que você vai fazer uma análise para saber quais produtos serão os destaques da sua campanha. Mas como os seus clientes saberão quais são elas? Se o seu portfolio for grande, o ideal é criar uma categoria no menu específica para essa ação;
  • Aposte em pop-ups: Se alguém já te aconselhou que as pop-ups não ajudam em nada e ainda trazem um desconforto para o seu cliente, esqueça! Provavelmente essa pessoa disse isso porque não fez do jeito certo. Saiba que uma pop-up bem feito pode aumentar as suas conversões entre 3% à 10%.
    • Mas para isso ele precisa:
      • Ter um tamanho razoável que não tampe toda a tela do computador;
      • Sempre oferecer alguma vantagem e com uma CTA chamativa;
      • Ser fácil de fechar – nada de “x” quase ocultos, ok?

#DicaOpenK: Se você não conta com um time de suporte é bom começar logo porque profissionais terceirizados costumam levar mais tempo que o esperado. Ou, para não ter nenhuma dor de cabeça com alterações ou atualizações, conheça nossas soluções para o varejo com o B2C OpenK. Nós criamos um site totalmente responsivo e temos um time de suporte à sua disposição.

Produtos

Várias sacolas e caixas pretas com alças e laços vermelhos. No centro há colagem da palavra “Black Friday”.

Com o site pronto, chegou a hora de selecionar quais produtos vão estar na sua campanha de Black Friday 2021. Neste sentido, vemos muita gente oferecendo um cupom de “X% OFF em todo o site”. Esse é um artifício a ser considerado, mas que não trás tanto impacto.

Falamos isso porque, dificilmente você vai conseguir um desconto maior que 10 ou 15% para todos os produtos. Sinceramente, essa vantagem não tem muito a cara de “oportunidade única” que a situação pede.

Pense na “Black das blacks Magalu”, por exemplo, com um portfólio imenso, eles escolheram apenas 40 produtos para serem anunciados, de tempos em tempos, com condições incríveis. É isso que você precisa fazer!

Escolha parte do seu catálogo para serem as estrelas da sua Black Friday 2021. Dentro do seu segmento para uma loja virtual não será difícil encontrar algum, mas nós vamos te ajudar, divulgando a lista de categorias mais vendidas na edição do ano passado, segundo o relatório Neotrust e parceiros:

  • Moda e acessórios (15%);
  • Beleza, perfumaria e saúde (12%);
  • Artigos para a casa (11%);
  • Entretenimento (11%);
  • Eletrodomésticos e ventilação (9%);

#DicaOpenK: Moda sempre está na lista de produtos mais comprados na Black Friday, mas recomendamos que você preste atenção que farmácia online é uma ótima ideia de negócio.

Preços

Imagem com vários dados vermelhos com números que vão de 10 a 70, além de símbolos de porcentagem.

Escolher o que vai entrar na sua campanha de Black Friday 2021 com base nos produtos mais vendidos é um ótimo ponto de partida. Mas você deve pensar que esta é uma data para aumentar o seu lucro, e não sair no prejuízo.

Tenha em mente que, hoje em dia, oferecer descontos que não são tão interessantes não é uma opção. Temos inúmeros comparadores de preço como o Zoom, que, além de trazer uma relação de preços em diversos sites, também trazem a flutuação de preço dos últimos 40 dias. Então, nada de “black fraude”, ok? Isso vai manchar a sua reputação.

#DicaOpenK: Sabia que além de um comparador de preços, o Zoom é também um marketplace? Veja o nosso passo a passo para anunciar no Zoom hoje mesmo! Essa é uma ótima dica, pensando que a plataforma vai estar em alta na Black Friday 2021.

Voltando à precificação, sabemos que ponderar sobre o cenário ideal na relação de produtos que seus clientes procuram Versus o que você pode oferecer por um preço bacana pode ser complicado, mas algumas orientações podem te ajudar:

  • Escoar estoque parado: Todo mundo tem produtos em estoque que não vendem há um tempo – o que é ainda mais complicado quando falamos de moda e tecnologia, por exemplo. Uma boa saída é se livrar de todos eles, mesmo que com uma margem bem baixa;
  • Negociar com fornecedores: Como estamos com certa antecedência, ainda há tempo de você entrar em contato com seus fornecedores para encontrar um preço bacana (desde que a entrega seja feita em tempo hábil). Como na Black Friday 2021 as vendas com certeza vão aumentar, é bem provável que você ganhe mais descontos pela quantidade que vai adquirir no atacado;
  • Pense no frete: Quando falamos da Black Friday 2021, estamos nos referindo a vantagens, certo? Entre elas, uma “quase obrigação” que você terá é de oferecer frete grátis. Tomando como base a nossa análise dos números do ano passado, 62.4% dos pedidos foram com frete grátis. Então, na hora de precificar os seus produtos, é bom já pensar em uma forma de bancar esse custo.

#DicaOpenK: Quer saber como diminuir os seus custos de envio consideravelmente? No texto “Frete: não deixe que os seus clientes desistam das suas compras!” te damos dicas de como conseguir essa proeza.

Divulgação

Colagem em fundo preto com uma mão segurando um megafone e uma tira vermelha escrito “black friday”.

A divulgação é a alma da Black Friday 2021. Afinal, não vai adiantar nada você preparar o site, pensar no que vender e como vender sem que os clientes fiquem sabendo que você está investindo na data.

Como ainda temos tempo, é possível criar uma ação “redondinha”, dessas que preparam o consumidor e criam uma expectativa até chegar o grande dia. Nessa tarefa, criamos um cronograma de como pode ser o seu plano de marketing:

  • A partir de agora: Assim que você tiver uma lista de quais produtos vão entrar na Black Friday 2021 da sua loja e qual a porcentagem de desconto será oferecida, será necessário criar um calendário editorial com todos os conteúdos e datas de publicação. Com essa organização fica mais fácil se orientar sem deixar nada de fora ou uma janela muito grande sem postagens;
  • No início de novembro até o dia 15: É quando você vai começar a divulgar o “preview”. A essa altura todo mundo vai estar pesquisando preços, mas poucos vão comprar. Então o ideal é dar o tom da campanha, mostrando alguns produtos que estarão com ofertas incríveis de “até X% OFF”. Mas sem preços, apenas instigando mesmo.
  • Dia 20 até 25: Esse é o final de semana antes da Black Friday 2021 e também a sua hora de colocar o plano em ação! Já faz um tempo que a “black week” se consolidou, além disso é uma ótima estratégia para alinhar o “termômetro de vendas” com suas metas, determinadas pelo estoque adquirido.
  • Dias 26 e 27: Se estiver cumprindo o esperado, perfeito! É só seguir este caminho. Mas se as vendas não estiverem indo muito bem, é a hora de correr atrás do prejuízo e mudar mais uma vez a precificação, criando promoções relâmpago. Divulgue com o que tiver ao seu alcance: listas de transmissões no whatsapp, stories no instagram… Com certeza isso vai dar um gás nas vendas.

💡 No seu plano de divulgação para a Black Friday 2021, com certeza você está pensando em utilizar o Instagram, certo? Então a nossa dica é que você pense bastante no formato de vídeos, principalmente o reels. Com as mudanças recentes nos algoritmos da plataforma, as suas postagens vão chegar a bem mais pessoas.

#DicaOpenK: Já pensou em como mostrar os seus produtos no dia da Black Friday 2021? Já definimos que você irá criar uma categoria própria, mas o que acha também de criar uma Live com essas ofertas? No ano passado, a “Black das Blacks Magalu” conseguiu ter mais do que dobrar as vendas de 2019 com este formato. Descubra “tudo que sabemos até agora sobre o Live Commerce” e venda muito com uma transmissão ao vivo.

Tenha tudo em ordem para a Black Friday 2021!

Foto de um notebook aberto em fundo branco. Em cima dele há um despertador vermelho e tarja vermelha escrito “#blackfriday”.

Estamos caminhando para a reta final deste texto. Ao menos em relação à estratégia você já tem tudo o que precisa para alcançar todos resultados que desejar com a edição deste ano, mas se nos permite, ainda temos mais dois conselhos para te dar:

O primeiro é que tome muito cuidado com o preço cobrado. Já falamos aqui que o preço do seu produto precisa ser atrativo para ganhar relevância na Black Friday 2021. Mas não deixe que a sede em ser o mais competitivo te deixe cego. Falamos isso porque os seus custos vão muito além do produto em si, é preciso levar em conta os gastos em marketing, as embalagens para o e-commerce, o frete grátis e tantos outros.

Para ter tudo na ponta do lápis e cobrar um preço justo mais atrativo, é muito importante que você leia nosso texto de “precificação de produtos na Black Friday: definindo preços sem prejuízo.

Agora, o segundo conselho é exclusivamente para quem ainda não é um cliente OpenK: quem já trabalha com a gente sabe que temos um time de suporte à disposição o ano todo e, na Black Friday, inclusive, montamos uma força-tarefa de plantão para tratar de qualquer eventualidade que acontecer no dia.

Agora, se você ainda não tem um site com a gente e está a procura de uma plataforma para vender no dia 27, pode entrar em contato agora mesmo que podemos fazer tudo do zero, já com as alterações de design exclusivas para a Black Friday 2021.

Se precisar de tratar sobre qualquer assunto de e-commerce, é só clicar neste banner:

Uma mão tocando tela de notebook com o texto: “muito mais que uma plataforma online. Acesse nosso site agora”.


Comentários

Deixa seu Comentário