Dropshipping no B2B é o futuro dos negócios? - Openk Tecnologia

Blog Openk

Provedora de soluções de vendas e gestão

  1. Home
  2. • blog

23/11/2018
Comentários

dropshipping no B2B

Sua indústria já adotou o dropshipping no B2B? Mais do que uma tendência passageira, esse modelo de negócio tem se consolidado como o caminho do futuro, sendo adotado por diversas indústrias e ajudando a tornar o processo de vendas mais eficiente.

Para entender a dimensão das mudanças influenciadas pelo dropshipping no B2B, é preciso conhecer as vantagens que ele oferece e também que caminhos esse modelo de negócio pode seguir no futuro. É isso o que propomos neste artigo: um olhar mais aprofundado sobre como o dropshipping promove grandes transformações.

Vamos começar?

A tendência do dropshipping no B2B

O dropshipping já faz parte do dia a dia dos e-commerces e conta com diversas histórias de sucesso que atestam sua eficiência. Ainda assim, existem lojistas que torcem o nariz quando ouvem que o modelo é o futuro dos negócios.

Dropshipping é quando a indústria recebe o pedido direto do lojista e o envia diretamente para a casa do cliente. É quando a indústria junta a função de produtora e provedora da logística de entrega.

Apesar da falta de números que mostram seu crescimento, já que é um advento recente, há diversas outras vantagens visíveis para quem pensa em adotar o dropshipping no e-commerce. Vamos conversar sobre elas?

Controle de estoque

Quando o lojista começa a montar um e-commerce, um dos primeiros problemas que surgem é a questão da logística de estoque. Afinal de contas, o negócio vai precisar armazenar os produtos que ele vende, certo?

Errado. O uso do dropshipping no B2B elimina a necessidade de manter um estoque de forma tão ou mais eficaz quanto o crossdocking. O que você, como indústria, oferece ao lojista é a possibilidade de eliminar essas preocupações referentes ao estoque. Vender com o modelo dropshipping é vender comodidade e tranquilidade, e a certeza de aumentar as vendas dos seus clientes B2C.

A economia gerada pelo dropshipping no B2B vem justamente do fato do produto não ficar “parado” em nenhum momento, indo da fábrica direto para o cliente do e-commerce. As vantagens são grandes para o e-commerce e não custa mais para o fabricante. Mas o modelo não fica só nessas vantagens: estoque dinâmico, que se movimenta, é a marca de uma indústria que não apresenta perdas por armazenamento e que, portanto, lucra mais.

Estoque cheio: os gastos com estoque são reduzidos através do dropshipping no B2B.

Com a inclinação cada vez maior dos e-commerces para o dropshipping, os fornecedores que não oferecerem o serviço vão começar a encontrar resistência e podem perder clientes fiéis.

É difícil argumentar contra as vantagens do modelo para os lojistas. Adotar o dropshipping no B2B é uma questão de sobrevivência para a indústria. Mas não só isso: ele apresenta vantagens de automação para o fabricante também.

Isso porque o próprio estoque da fábrica pode ser reduzido com o dropshipping. Com o pedido realizado e a economia de tempo do produto não ter que passar por um segundo estoque, dá para produzir a partir do pedido diretamente, atendendo apenas demanda específicas e evitando prejuízos.

Aumento das vendas

Se adotar o dropshipping no B2B é mandatório para a indústria, ser um dos pioneiros a adotar o modelo pode ser uma enorme oportunidade de negócios de modo geral. Afinal de contas, oferecer o serviço no qual os e-commerces estão interessados é uma atração extra na hora de conquistar novos clientes.

Pense dessa forma: se você demorar a adotar o dropshipping no B2B, os e-commerces que normalmente fazem negócio com você podem começar a procurar outro fornecedor. Se adotar antes do concorrente, você terá a oportunidade de conquistar uma fatia maior de mercado!

Isso é um simples reflexo da demanda crescente por indústrias que forneçam no sistema de dropshipping.

Integração multi departamentos

Adotar uma plataforma perfeita para o e-commerce e para a indústria é importante para se manter na frente do mercado. A adoção do dropshipping também é uma excelente oportunidade de aumentar a integração entre departamentos da sua empresa através de uma mudança no sistema.

Entre as práticas que vêm junto com a adoção de uma plataforma de dropshipping no B2B estão a padronização dos pagamentos, que ajuda também a parametrizar a entrada de capital e ter um maior controle financeiro sobre a operação como um todo.

Além disso, é possível acompanhar as vendas por relatórios mais detalhados, tornando mais fácil identificar os motivos dos atrasos e falhas nas entregas, o que permite melhorar a fábrica e oferecer um serviço melhor.

Também é possível acompanhar várias setores com uma mesma ferramenta, provando que a adoção do dropshipping no B2B não serve de vantagem só para o e-commerce.

Reposição automática

Com o SKU certo, o e-commerce gera pedidos de reposição automaticamente e o fornecedor já pode se ocupar de produzir e entregar. Isso descarta a necessidade de contato entre comprador e vendedor e economiza tempo entre o esgotamento do estoque no cliente final e o pedido de abastecimento, de modo que você sempre possa atender às demandas da clientela.

O lojista não gosta de esperar, e muitas vezes nem pode. A espera por reposição, a elaboração de um pedido, a confirmação com o fornecedor, tudo isso leva tempo. Ter a possibilidade de trabalhar com a reposição automática vai eliminar de vez esse tipo de preocupação.

E esse é só o primeiro aspecto da automação que a reposição automática oferece. O contato entre você e o lojista fica muito mais simplificado, já que pedidos de compra são realizados automaticamente, conforme eles vão chegando, através de uma ferramenta integrada a ambos ERPs ou CRMs.

Para a logística, é só vantagem: ao invés de um caminho que sai da indústria, passa no lojista, vai para uma central de distribuição (no caso dos correios) e só então chega no cliente final, a mercadoria já sai direto da produção para a entrega. Isso garante maior confiabilidade e agilidade no processo.

Funcionário cuidando de estoque: os custos de adotar o dropshipping no B2B são mais que compensados pela redução de custos.

Por tudo isso, a reposição automática no Dropshipping B2B é excelente para a fidelização. Quando tudo está acordado entre lojista e indústria – questões como margens, taxas pelos serviços logísticos, pedido mínimo, etc. -, é uma situação ganha-ganha.

E ainda há outro ponto: a automatização do pedido gera uma cadeia de negócios que incentiva o lojista a continuar com o fornecedor. Isso acontece sem a necessidade de contato entre comprador e vendedor, já que os sistemas conversam entre si, combinando quantidade e prazos.

As vantagens são enormes para o lojista, já que ele nunca terá falta de estoque e poderá atender qualquer demanda que surgir, fidelizando o próprio cliente. Nessa cadeia de fidelização, a indústria sai ganhando tanto quanto o empreendedor B2C.

O Dropshipping com certeza veio pra ficar. O importante é só saber de uma coisa: o quanto sua indústria está preparada para o futuro?

Que tal conhecer o Restock, plataforma da OpenK para dropshipping? Dê o salto para o futuro! Se quiser tirar alguma dúvida sobre o modelo de negócios para sua indústria, entre em contato conosco.


Comentários

Deixa seu Comentário